quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

DIRETORIA DO POSTALIS GARANTE QUE PLANO DE DESLIGAMENTO INCENTIVADO (PDI) É SUPORTÁVEL PELO PLANO BD SALDADO, RESPEITANDO-SE O NÚMERO ESTIMADO DE ADESÕES E DEMAIS PREMISSAS DETALHADAS

Assessoria de Comunicaçãoass.comunicacao@postalis.com.br por  rpost.net 
responder a Assessoria de Comunicação - ass.comunicacao@postalis.com.br
para: 
data: 17 de janeiro de 2017 20:02
assunto: Registered: Postalis - Impacto do PDI no Plano BD (S/A/E
enviado por: rpost.net


Prezados(as) Senhores(as),

O Instituto recebeu pedido dos Correios para análise dos possíveis impactos causados no plano BD pelo Plano de Desligamento Incentivado (PDI). O estudo, realizado pela empresa Mercer Gama, com os parâmetros fornecidos pelos Correios, indica que, respeitando-se o número estimado de adesões e demais premissas detalhadas, o Plano de Desligamento Incentivado – PDI é suportável pelo plano BD Saldado.

A íntegra da matéria está disponível em: http://www.postalis.org.br/pdi-dos-correios-impacto-no-postalis/

Solicitamos a divulgação da nota nos veículos de comunicação desta entidade.

Cordialmente,​

logo
Leonardo Azevedo Dias
Analista de Comunicação
ASC/​PRE
(61) 2102.6722
www.postalis.org.br


= = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = = 


Plano de Desligamento Incentivado - PDI

Informações completas sobre o Plano de Desligamento Incentivado - PDI

http://intranet/ac/vigep/copy7_of_pagina-acordos 

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

RACIONAMENTO DE ÁGUA NO DF COMEÇA SEGUNDA (16); CONFIRA A PROGRAMAÇÃO

Fonte: http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2017/01/12/interna_cidadesdf,564732/com-principal-reservatorio-no-menor-nivel-da-historia-df-tera-raciona.shtml

Com a Barragem do Descoberto a 18,94%, menor índice da história, o Governo do Distrito Federal (GDF) não teve outra saída. Até então, o volume mais baixo foi o desta quarta-feira (19,2%)

A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) anuncia o racionamento de água em coletiva para a imprensa na tarde desta quinta-feira (12/1). Com a Barragem do Descoberto a 18,94%, menor índice da história, o Governo do Distrito Federal (GDF) não teve outra saída. Até então, o volume mais baixo foi o desta quarta-feira (19,2%). A medida começa a valer na segunda-feira (16/1).
 
As primeiras cidades atingidas pelo racionamento serão Ceilândia, Recanto das Emas e Riacho Fundo II. O rodízio ocorrerá em um ciclo de um dia sem abastecimento, dois dias para religar e estabilizar o sistema e três de situação normalizada. As áreas afetadas são Águas Claras, Candangolândia, Ceilândia, Gama, Guará, Núcleo Bandeirante, Park Way, Recanto das Emas, Riacho Fundo, Riacho Fundo II, Santa Maria, Samambaia, Taguatinga e Vicente Pires (veja lista abaixo).
 
A preocupação com o baixo volume deve-se ao fato de o reservatório abastecer 65% da população da capital do país. A última vez que a barragem chegou a ficar tão baixa foi em 19 de novembro de 2016 (19,3%). Nem as chuvas que caíram no Distrito Federal nesta quarta-feira foram suficientes para recuperar os índices.

O calor excessivo e as chuvas abaixo do esperado para o período contribuem de maneira sistemática para a queda do reservatório. Segundo informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), na segunda-feira (9/1) foi registrada a terceira mais alta temperatura do DF nos primeiros 10 dias de janeiro desde o início da série histórica, em 1969.
 
Os termômetros chegaram a 32,2ºC. A meteorologista Ingrid Peixoto explica que a média climatológica para este período do ano no DF é de 26,9°C, mas, este ano, está em 30,9°C — o que significa um desvio de 4ºC.
 
Não é de agora que se estuda a alternância no fornecimento de água. A possibilidade já havia sido ventilada em novembro de 2016, quando o nível da água do Descoberto esteve abaixo dos 20% pela primeira vez e a Adasa publicou a Resolução nº 20, para estabelecer o regime de racionamento. Foi uma das oito publicadas pela agência reguladora desde a percepção da escassez hídrica.

Confira onde e quando haverá corte:

Primeiro ciclo do rodízio no fornecimento de água
16 de janeiro (segunda-feira)
Interrupção: Ceilândia Oeste, Recanto das Emas e Riacho Fundo II
 
17 de janeiro (terça-feira)
Interrupção: Vicente Pires, Colônia Agrícola Samambaia, Vila São José, Jóquei, Santa Maria, DVO, Sítio do Gama, Polo JK e Residencial Santa Maria
Religação e estabilização: Ceilândia Oeste, Recanto das Emas e Riacho Fundo II
 
18 de janeiro (quarta-feira)
Interrupção: Gama
Religação e estabilização: Vicente Pires, Colônia Agrícola Samambaia, Vila São José, Jóquei, Santa Maria, DVO, Sítio do Gama, Polo JK, Residencial Santa Maria, Ceilândia Oeste, Recanto das Emas e Riacho Fundo II
 
19 de janeiro (quinta-feira)
Interrupção: Águas Claras (zona baixa), Park Way, Núcleo Bandeirante, C.A. IAPI, Candangolândia, Setor de Postos e Motéis e Metropolitana, Vila Cauhy, Vargem Bonita, Ceilândia Leste e Samambaia
Religação e estabilização: Gama, Vicente Pires, Colônia Agrícola Samambaia, Vila São José, Jóquei, Santa Maria, DVO, Sítio do Gama, Polo JK e Residencial Santa Maria
 
20 de janeiro (sexta-feira)
Interrupção: Guará I e II, Polo de Modas, CABS, Lúcio Costa, SQB, CAAC, Taguatinga Sul, Arniqueiras, Areal e Riacho Fundo I
Religação e estabilização: Águas Claras (zona baixa), Park Way, Núcleo Bandeirante, C.A. IAPI, Candangolândia, Setor de Postos e Motéis e Metropolitana, Vila Cauhy, Vargem Bonita, Ceilândia Leste, Samambaia e Gama
 
21 de janeiro (sábado)
Interrupção: Águas Claras (zona alta), Concessionárias e Taguatinga Norte
Religação e estabilização: Guará I e II, Polo de Modas, CABS, Lúcio Costa, SQB, CAAC, Taguatinga Sul, Arniqueiras, Areal, Riacho Fundo I, Águas Claras (zona baixa), Park Way, Núcleo Bandeirante, C.A. IAPI, Candangolândia, Setor de Postos e Motéis e Metropolitana, Vila Cauhy, Vargem Bonita, Ceilândia Leste e Samambaia
 
22 de janeiro (domingo)
Interrupção: Ceilândia Oeste, Recanto das Emas e Riacho Fundo II
Religação e estabilização: Águas Claras (zona alta), Concessionárias, Taguatinga Norte, Guará I e II, Polo de Modas, CABS, Lúcio Costa, SQB, CAAC, Taguatinga Sul, Arniqueiras, Areal e Riacho Fundo I. 

Com informações da Agência Brasília 



sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

SCMM MARIA,MARIA APRESENTA DEMANDAS DE TRABALHADORES AO PRESIDENTE DOS CORREIOS

Guilherme Campos - Presidente dos Correios e Suelma Braz de Barros - Presidente da SCMM MariaMaria
A Presidente da SCMM MariaMaria Suelma Braz de Barros agendou um encontro com o Presidente dos Correios Guilherme Campos para ter esclarecimentos sobre o PDI (Plano de Desligamento Incentivado) e solicitar algumas correções de ações em medidas de realocação de efetivo, onde envolve pessoas idosas, conforme estabelece o Estatuto do Idoso.

Para adesão ao PDI, o Presidente Guilherme Campos esclareceu que o parâmetro será a idade de 58 anos de idade e, assim, abre a oportunidade para aqueles com idade inferior, para no caso de haver interesse na adesão ao Plano, poderá obter o direito que deverá ser calculado proporcionalmente.

A Nota Técnica 6199/2016-VIGEP estabelece todas as regras para serem avaliadas pelo público alvo contemplado a fim de que analisem antes da tomada de decisão.

Aqueles que ainda não tiveram acesso ao documento poderão solicitar pelo e-mail scmm.mariamaria@gmail.com. 

Para realocação de efetivo da área operacional daqueles que não detém função de confiança e que deverão retornar para a área de origem, foi alertado ao Senhor Presidente dos Correios que os trabalhadores acima de 60 anos são amparados pelo Estatuto do Idoso, exigindo dessa forma que a transferência obedeça as regras de acessibilidade previstas no referido Estatuto.

Esta SCMM MariaMaria observou, inclusive, que o Manual de Pessoal, Módulo 20, Capítulo 2, subitem 2.2.2.14 se refere tão somente à inclusão de pessoas com deficiência e reabilitados, o que nos chama a atenção para a necessidade de incluir as pessoas idosas, conforme estabelece o Estatuto do Idoso.

Na oportunidade, a Presidente da SCMM MariaMaria, por ser também, Presidente da CIPA UniCorreios, apresentou as demandas da referida CIPA para que o Presidente dos Correios já pudesse apresentar as soluções cabíveis, as quais foram prontamente atendidas, em solicitação imediata de posicionamento às áreas responsáveis.

A SCMM MariaMaria avalia que para um melhor desempenho em prol da ECT e de seus recursos humanos, convém uma parceria da SCMM MariaMaria com os Correios. Dessa forma, o Presidente dos Correios Guilherme Campos foi convidado para compor o Conselho Consultivo da SCMM MariaMaria. O Presidente dos Correios informou que irá averiguar junto ao Departamento Jurídico da Empresa se não há algum óbice para que ele aceite o convite.

Com o sentimento de dever cumprido,  a Presidente da SCMM MariaMaria se despediu do Presidente dos Correios confiante de que com a colaboração de todos, a Empresa poderá produzir e se manter 100% pública e como patrimônio da sociedade brasileira.      




quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

PRÊMIO DIREITOS HUMANOS - 22ª EDIÇÃO

Em entrega de prêmio, secretária destaca direitos humanos como “plataforma emancipatória do nosso tempo”


14/12/2016
O Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, e a Secretária Especial de Direitos Humanos, Flávia Piovesan, entregaram nesta quarta-feira (14) o Prêmio Direitos Humanos 2016. Em sua 22ª edição, o Prêmio é a maior honraria concedida pelo governo brasileiro pela atuação em prol dos direitos humanos em diversas frentes. Ativistas e representantes de 19 entidades receberam o troféu.
Em discurso, a secretária Flávia Piovesan destacou os vários avanços e políticas promovidas pela secretaria durante os últimos seis meses, desde a sua posse, entre eles ações como o Pacto Nacional Universitário pela Promoção do Respeito à Diversidade e da Cultura de Paz e Direitos Humanos e o Pacto Federativo pela Erradicação do Trabalho Escravo, assim como a regularização da situação de programas de proteção a vítimas, testemunhas e defensores de direitos humanos.
"Numa arena global, regional e local marcada por crescentes hostilidades, intolerâncias e o fortalecimento do ódio que ambienta discursos em prol do racismo, sexismo, homofobia e xenofobia, hoje, mais do que nunca, há esta urgência em se expandir, fortalecer e difundir a ideologia dos direitos humanos como a plataforma emancipatória do nosso tempo. Porque os direitos humanos evocam o idioma da alteridade: ver no outro um ser merecedor de igual consideração e profundo respeito, dotado de direito de desenvolver as potencialidades humanas de forma livre, autônoma e plena", afirmou a secretária.
O ministro Alexandre de Moraes também reconheceu o trabalho dos agraciados no Prêmio e destacou a importância de iniciativas de educação em direitos humanos. "Garantir os direitos humanos não é um desafio que depende apenas dos recursos públicos ou políticas públicas, mas essencial e imprescindivelmente de uma mudança de cultura e de pensamento, para que as próximas gerações já nasçam respeitando a diversidade e repudiando as violações da dignidade humana", afirmou o ministro.
O líder religioso indiano Sri Sri Ravi Shankar também discursou durante a cerimônia e ressaltou a importância geral de promover o respeito às diferenças. "É quando o sentido de pertencimento termina que a violência começa, o preconceito começa e a intolerância começa. Por isso precisamos estar em busca de maneiras para reduzir o stress e unir pessoas das várias ideologias, classes sociais e modos de pensar, em um gesto de celebrar as diferenças e honrar a compaixão".
Conheça os agraciados nas 19 categorias do "Prêmio Direitos Humanos 2016":
CATEGORIA
NOME
UF
Educação em Direitos Humanos
Conselho Nacional do Ministério Público - CNMP
DF
Comunicação e Direitos Humanos
Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado do Ceará
CE
Garantia dos Direitos da População de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais – LGBT
Ernane Queiroz Moreira
DF
Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente
Central Única das Favelas/CUFA - Sergipe
SE
Garantia dos Direitos da Pessoa Idosa
Maria Leitão Bessa
AC
Inclusão da Pessoa com Deficiência
Katia Ferraz Ferreira
MG
Igualdade Racial
Sonia Aparecida Dos Santos
SP
Autonomia das Mulheres
Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres da Bahia - SPM/BA
BA
Garantia dos Direitos da População Indígena, Quilombolas e dos Povos e Comunidades Tradicionais
Instituto Raoni
MT
Garantia dos Direitos da População em Situação de Rua
Leonildo José Monteiro Filho
PR
Promoção e Respeito à Diversidade Religiosa
Márcio Vagner Dornelles Garcia
RS
Acesso à Documentação Civil Básica
Secretaria Estadual da Mulher, do Desenvolvimento Social, da Igualdade Racial, dos Direitos Humanos e do Trabalho de Goiás
GO
Defensores de Direitos Humanos - "Dorothy Stang"
Maria Antônia dos Santos
MA
Prevenção e Combate à Tortura
Centro de Defesa da Criança e do Adolescente do Ceará - CEDECA/CE
CE
Combate e Erradicação ao Trabalho Escravo
Marinaldo Soares Santos
MA
Segurança Pública, Acesso à Justiça e Combate à Violência
Centro de Referência em Direitos Humanos da Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul
RS
Empresas e Direitos Humanos
Rede Brasil do Pacto Global
SP
Selo Nacional de Acessibilidade
Gol Linhas Aéreas
SP
Menção Honrosa
Comissão Nacional da Verdade
DF
Assessoria de Comunicação Social



Nesse momento em que a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos passa por um momento decisivo na vida dos Aposentados e Aposentáveis, a Presidente da SCMM MariaMaria - Suelma Braz de Barros aproveita a oportunidade para cumprimentar a Sra. Maria Leitão Bessa para estreitar laços que possam efetivamente garantir  a defesa dos direitos da pessoa idosa, seja na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, seja na sociedade.
Para mais informações, poderão contactar scmm.mariamaria@gmail.com.  


quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

SITE DO CONSUMIDOR - UTILIDADE PÚBLICA



CONSUMIDOR.GOV.BR

É SEU. É FÁCIL. PARTICIPE.


Maior agilidade na solução de conflitos em defesa do Consumidor.